Follow by Email

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

A Energia é Como Um Imã

"...Encarem a sua energia como um duende. Todos vocês tem consciência de que os duendes são mágicos e são capazes de conceder a realização de desejos. Agora, a sua energia constitui o seu duende pessoal. Todavia, o seu duende não possui a capacidade de distinguir entre o "bem" e o "mal" ele apenas te concede o desejo, seja qual foi a forma como você tenha expressado em sentimentos, em associações e na forma de pensar, seja qual foi a forma como tenha sido expressado em termos de bom ou mau, confortável ou desconfortável. Por isso ações no sentido de não ser o suficiente, o ato em si mesmo não tem importância, o que você está expressando é insuficiência. Assim você se expressa ao seu duende e ele responde do seguinte modo: "Muito bem terá aquilo que espera".E apresenta a você exatamente aquilo que tem expressado. Pouco importa para ele se você gostou ou não do resultado. Vocês avançaram com um pedido e ele respondeu exatamente com o que vocês pediram. Isto resume toda a simplicidade da energia onde reside a dificuldade é justamente em reconhecê-la e prestar-lhe atenção.
Um exemplo, vocês se concentram de forma intensa na carência de qualquer coisa, porém a única área que prestarão atenção a isso será a do dinheiro. Estam continuamente expressando a carência nas suas ações e associações, porém vocês podem não identificá-los e não notar o seu processo de pensamento. Podem olhar para um objeto que desejem e no mesmo instante pensar que não tem bastante diheiro para comprar. Gerou e expressou de imediato uma associação. Não tenho dinheiro que chegue. Pode ser que não tenha pensado exatamente dessa forma, porém a associação não deixará de ser expressada, a energia encontrará expressão.
Isto faz com que nos sintamos privados de auto-consciência e, da nossa expressão de valor, porque estamos nos depreciando, depois nos sentiremos frustrados ou com raiva da situação. Isto tudo reforça a carência.
Vocês projetam energia em cada ato e a todo momento dessa sua realidade. Não existe um único momento na sua realidade em que não pruduzam energia e essa mesma energia que geram atrai para vocês a mesma coisa. Vocês atraem automaticamente a mesma energia que projetam.
Podem visualizar neste mesmo instante. Fechem os olhos e vejam o seu corpo em pé. A partir do seu corpo estende-se uma onda de choque de energia que se move com ímpeto, a intensidade e a distância de uma explosão nuclear, isto revela o quanto a sua energia é poderosa. E o seu poder, à medida que gera essa onda de choque que se propaga até o exterior, dá origem a uma ação semelhante a um imã - do mais poderoso imã que possa imaginar. Tal imã atrairá para você qualquer expressão que se enquadre no que estiver a projetar (mentalizar).
Tratará de encontrar de forma intencional qualquer expressão ou manifestação que se iguale à energia que você estiver exprimindo.
As imagens objetivas são bastante abstratas. Por isso, em relação a determinada forma de energia vocês podem atrair milhares de diferentes tipos de imagens para vocês, que todas elas se associaram a esse tipo de eergia. Quando um indivíduo expressa "Porque razão faço isso? Porque crio isso?" Os moldes em que respondem tal pergunta consiste em avaliar o que estão fazendo bem como aquilo que vocês tem feito e movido em termos físicos, mas também o que estão a em preender intimamente, que tipo de associações estão a gerar.
Um indivíduo pode ser capaz de perceber que gera esse tipo de concentração em relação ao aspecto do "dinheiro insuficiente", muitos indivíduos se preocupam com o dinheiro apesar DE SER UMA DAS MANIFESTAÇÕES MAIS FÁCEIS QUE PODEM GERAR, a maioria de vocês não acredita nisso.
Digamos que estão se concentrando na insuficiência de dinheiro e que decidem se opor a isso. Escolhem começar a gerar afirmações a fim de alterar o seu padrão de pensamento. E aí adotam a afirmação "Talvez eu gere abundância, eu mereço obter dinheiro, eu desejo ser rico". Passam a utilizar esta afirmação dia após dia, mas não produzindo qualquer diferença e ficam frustrados. Talvez reforcem as suas impressões e expressem para vocês mesmos "Talvez não tenha gerado quantidade as afirmações com suficiente empenho, ou as tenha gerado a quantidade de vezes necessárias durante o dia", e passam a praticar por todo mês sem ver qualquer alteração que se reflita em sua realidade. Porque? Isso consta em uma mera ação que empreendam. Podem proferir palavras, porém, elas estarão associadas a que? Traduzirão a uma presença? Não. Vocês sentem as palavras que proferem? Conhecem no seu íntimo? Estão gerando atitudes que expressem esse saber em relação a materialização da sua criação? Não. Estão se concentrando na carência com relação ao leite, à falta de tempo, à falta de energia, aquilo de que sentem falta nas suas relações ou na sua falta de controle sobre situações e circunstâncias. Porém vocês não estão prestando atenção a nenhuma dessas formas de expressão nem tampouco estãopercebendo qualquer dessas expressões de carência. Vocês estão se concentrando nas suas afirmações enquanto continuam a expressar:"Estou criando isso?" Não estão criando porque a sua energia não está se movendo nesta direção. Ela está se movendo na direção que seu duende imprime ao se expressar: "Ah! Querem insuficiência?Então vão colhê-la!" Vocês precisam entender o real valor da palavra CONFIAR. Confiar não envolve questionamento. Confiança consiste na ausência de dúvida. Às Vezes, vocês expressam com muita categoria, uma ausência de dúvida e um certo sentido de conhecimento isento de interrogação quanto ao que estão fazendo e conseguem realizar. O que na verdade é bastante fácil. Na verdade, é mais fácil gerar aquilo que querem do que deixar de fazê-lo, portanto quando vocês se metem a gerar aquilo que desejam estão continuamente se opondo a vocês próprios e continuamente projetando energia TENTANDO. Porém tentar não mais significa conseguir. Não se trata de uma questão de tentar mas de fazer. Trata-se de dar o passo, um aspecto desse passo que possa assumir no seu conceito o ato de dar a você origem e expressão no seu íntimo. Trata-se do conhecimento, Não de que o realizaram, mas de que ESTÃO realizando, conseguindo.
É necessário conhecer como a energia opera. É importante prestar atenção como são esses processos e o que estão fazendo neste exato momento, devealcançar uma conciência de presença. Cada ação que geram enquadrada num processo, constitui uma açãoque já estáoperando aquilo que desejam e cada ação dessas que geram cria ramificações invisivéis, que brotam do seu arbustode conhecimento. Portanto vocês não têm atenção com a forma como essas ramificações se formam, mas se prestarem atenção ao processo da sua formação poderão manipular a forma. Desse modo muito pouco ou nenhum desvio na direção resultará em que vão se perguntar "porque" - uma vez que podem antecipar aos "porques". Conheceram a sua direção e não questionarão..." ELIAS através de Mary.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"ATÉ QUE VOCÊ INCORPORE SEU INCONSCIENTE NO PLANO CONSCIENTE, ELE VAI DIRIGIR SUA VIDA E VOCÊ VAI CHAMÁ-LO DE DESTINO" Carl Gustav Jung
EXISTE UMA PARTE SUA QUE VOCÊ NÃO TEM CONTROLE CONSCIENTE SOBRE ELA, E QUE INFLUÊNCIA GRANDE PARTE DE SUA VIDA, NO QUE VOCÊ ESTÁ MANIFESTANDO AGORA, ESSA PARTE É A SOMBRA, E TUDO QUE ESTÁ NA SOMBRA ESTÁ INCONSCIENTE PARA VOCÊ.